sábado, 29 de janeiro de 2011

O SANGUE E A IDADE

O sangue é responsável por 3 funções gerais, que descreverei abaixo:

TRANSPORTE
O sangue constitui um eficiente meio de transporte de substâncias pelo corpo inteiro, ele pode tanto levar uma substância a um local específico do corpo quanto tirá-la desse local. Hormônios, neurotransmissores, gases respiratórios, sais e muitas outros importantes componentes do metabolismo humano são transportados pelo sangue. O sangue recolhe materiais residuais das células e faz a entrega aos órgãos responsáveis por sua eliminação.

REGULAÇÃO
A regulação do equilíbrio hidroeletrolítico, equilíbrio ácido-base e da temperatura corporal é sobretudo controlada pelo sangue.

PROTEÇÃO
O sangue auxilia na proteção do corpo contra infecções, conforme postei anteriormente sobre a relação Imunidade/Envelhecimento, muitas células do sistema imunológico circulante na corrente sanguínea. E o sangue também possui fatores de coagulação que ajudam o organismo a se proteger contra perda de grandes volumes sanguíneos.

O sangue é formado por 2 partes: o plasma (líquido aquoso que contém sais, proteínas, etc) e os elementos figurados (células do sangue).



Os elementos figurados do sangue são células especializadas que são circulantes na corrente sanguínea, essas células são:
- hemácias ou glóbulos vermelhos(envolvidos no transporte de oxigênio para os tecidos do corpo)
- leucócitos ou glóbulos brancos (componentes do sistema imunológico)
- plaquetas ou trombócitos (protegem o corpo contra sangramentos)



O SANGUE E O ENVELHECIMENTO

O volume e a composição do sangue pouco se alteram com o passar do tempo, apesar da quantidade de água no corpo de um idoso ser reduzida. A glicose de jejum no sangue tende a aumentar com a idade, mas isso não se deve a mudanças no sangue, e sim nas alterações relacionadas à insulina nos idosos. Além disso, o nível de lipídeos séricos aumentam 25% a 50% após os 55 anos de idade, esse aumento é decorrente de um metabolismo alterado e não um problema no sangue em si.

A quantidade de medula óssea vermelha diminui com a idade, e a medula óssea vermelha é uma região do osso onde ocorre a produção de células sanguíneas. Em situações normais, isso não faz tanta diferença, uma vez que a produção consegue manter um número normal de células sanguíneas, entretanto em episódios de sangramento há um problema: idosos demoram mais tempo para repor as células sanguíneas, possuindo uma recuperação mais lenta do que o normal. Outro problema que já foi discutido anteriormente é o déficit da atividade de leucócitos, que afeta severamente a imunidade dos idosos.


Postado por: Leandro V. Biazon

Referências bibliográficas:

HERLIHY and MAEBIUS, The Human Body in Health and Ilness. 1st edition - 2000.

3 comentários:

  1. Peça permissão antes de tentar usar uma imagem que não tem relação com seu conteúdo.

    ResponderExcluir